Ele brochou e agora?


Numa sociedade altamente falocêntrica, o fato de um homem por algum motivo não conseguir uma ereção, ou mantê-la, é motivo de chacota por uns e constrangimento para outros.

A primeira coisa que devemos lembrar é: “brochar” é super comum e nenhum homem, nem o mais lindo gostoso, rico… está livre disso.

A segunda coisa é que sexo não é só penetração. Quando vivemos em uma sociedade deficiente de educação sexual e machista fica difícil entenderem que todo mundo não é 100% do tempo o rei ou a rainha do sexo.

Entender que homens e até mesmo mulheres “brocham”, é fundamental para uma sexualidade sadia

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 12594B6B-0440-4585-9CDB-FB151B8E26B2.jpeg

Ele brochou e agora?

E agora acolhe, ué? Com certeza quem passa por isso não é se sente confortável. Acolhe a pessoa, não pressione, diga que está tudo bem e se houver clima, tentem novas possibilidades de prazer. Masturbação, uso de vibradores, sexo oral… sejam criativos e saiam do padrão “meteção”.

Então o problema sou eu?

Não necessariamente. Existem vários fatores que podem contribuir para a famosa “brochada” que podem ser emocionais ou físicos, cansaço, estresse, preocupações ou até mesmo uma disfunção sexual pode estar por trás.

Assim como nós mulheres nos sentimos cobradas e pressionadas quando não temos vontade de fazer sexo os homens também se sentem, e até mais pois precisam manter a imagem de viril, pau duro, comedor que não brocha nunca.

Sustentar essa masculinidade tóxica é ruim para todos.  Mantemos uma sociedade onde mulheres dependem exclusivamente de um pênis para gozar esquecendo seu próprio potencial orgástico e homens completamente dependentes de seus pênis para dar e sentir prazer sendo que todo nosso corpo tem potencial de prazer.

Basta sair da mente limitada e condicionada ao filme pornô com foco na penetração. Devemos acender a luz de alerta apenas se as “brochadas” causam grande sofrimento, são frequentes e comprometem a saúde emocional e o relacionamento. Caso isso aconteça, é importante buscar ajuda profissional.

E para ajudar a aumentar o repertório sexual do casal, existem várias alternativas entre os produtos eróticos que inclusive você pode encontrar no meu site. Então não sofra, por uma “brochada”, entenda que isso e mais normal do que você pode imaginar e se joga e goza.

absorvente interno amor a tres autoconhecimento beijo grego Brochar broxada broxar casal coletor coletormenstrual coletor menstrual copinho corpo donadevocê Dordeovulacão fantasias sexuais feminino fioterra Fleury fluxomenstrual gozar gozo http://lojadathalita.com.br/ masturbação menage Menstruação mesntruaçao mulher orgasmo Ovulação penetração prazer prazeranal sangue saúde saúde sexual saúdeíntima sensualidade sexo sexo anal sexualidade squirting vagina ânus

Marcado com: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*